Paulinho é Viriato até 2025

A Académico de Viseu FC, Futebol SAD anuncia que o defesa Paulo Sérgio Mota, Paulinho no mundo do futebol, é nosso jogador para época 2024/25. Paulinho estava livre, após terminar o contrato que o ligava ao Leixões SC, e o vínculo que o une ao Académico de Viseu terá a duração de uma temporada.  “O que me atraiu foi o projeto e as pessoas que estão envolvidas com o Académico de Viseu. Mostraram que me queriam muito e aceitei este convite com todo o agrado e estou aqui com todo o gosto”, começou por sublinhar Paulinho aos meios do clube, caracterizando-se como jogador: “Sou um jogador de equipa, de grupo, alguém que dentro de campo dá tudo pelo clube que está a representar. Acho que essa a minha imagem de marca: sou muito profissional e a minha carreira fala por ela, com muitos jogos na I Liga, praticamente joguei sempre e isso é um motivo de orgulho. Agora é dar continuidade aqui no Académico.” O plantel do Académico é composto por muita juventude, Paulinho vem trazer um aporte de experiência, algo que também é fundamental nas equipas. “Acredito que se aprende muito com os jovens. A idade é apenas um número e estamos sempre a aprender. Mas, claro, que também venho com o intuito de ajudar os meus colegas e ajudar o clube a atingir os seus objetivos.” Por fim, uma palavra para os adeptos do Académico: “Peço aos adeptos que nos apoiem durante o ano, porque nós vamos fazer tudo dentro do campo para puxar a massa associativa para o nosso lado. Com o apoio de todos fica mais fácil atingir os nossos objetivos”.   Perfil | Mais de 300 jogos concretizados Paulo Sérgio Mota – Paulinho – nascido no Porto há 32 anos, é um lateral-direito que fez toda a formação nas escolinhas do FC Porto. Nos últimos seis meses esteve ao serviço do Leixões SC, onde realizou 14 jogos e concretizou uma assistência. Chega livre de contrato e assina com o Académico de Viseu a custo zero. Paulinho apresenta uma carreira com mais de 300 jogos (318 no total) realizados em diversos emblemas e diversos patamares. Tem quase 200 jogos (197) no principal escalão da Liga portuguesa, ao serviço de Moreirense, União da Madeira, SC Braga, GD Chaves, Gil Vicente e Marítimo; 68 jogos na Liga II, representando emblemas como Moreirense e Leixões, onde esteve em mais do que uma ocasião. Conta ainda com uma passagem pela liga da Grécia, onde representou o AEK durante ano e meio, entre 2019/20 a 2010/21. Na Grécia participou em 38 jogos no total, sendo três deles na fase de qualificação da Liga Europa. Paulinho completou o último ano da sua formação já ao serviço do Leixões, deixando para trás as escolinhas do FC Porto, onde representou todos os escalões. No Leixões foi promovido à primeira equipa, que disputava, então, a Liga 2. Seguiu-se o Moreirense e a primeira experiência na I Liga. Em Moreira de Cónegos permaneceu três temporadas antes de se mudar para o União da Madeira. Ingressou, depois, no GD Chaves, onde esteve três épocas, com um empréstimo de seis meses ao SC Braga, em 2016/17, pelo meio. Finda a ligação com os flavienses, mudou-se, então, para o AEK da Grécia. O regresso a Portugal deu-se pela porta do Gil Vicente, onde esteve seis meses antes de voltar ao Moreirense, seguindo-se o Marítimo e, por fim, de novo o Leixões. Bem-vindo a Viseu, Paulinho, muito sucesso ao serviço do Académico de Viseu.

19

MAI

2

2

Académico

Marítimo M.

J 34
JORNADA 34 -

Liga Portugal 2 SABSEG

13

MAI

3

0

UD Leiria

Académico

J 33
JORNADA 33 -

Liga Portugal 2 SABSEG

04

MAI

1

1

Académico

Leixões SC

J 32
JORNADA 32 -

Liga Portugal 2 SABSEG

28

ABR

1

2

SCU Torreense

Académico

J 31
JORNADA 31 -

Liga Portugal 2 SABSEG

21

ABR

0

1

Académico

CD Mafra

J 30
JORNADA 30 -

Liga Portugal 2 SABSEG

# Equipa J V E D PTS
9 CD MafraCD Mafra 34 11 11 12 44
10 FC Porto BFC Porto B 34 12 8 14 44
11 AcadémicoAcadémico 34 9 16 9 43
12 UD LeiriaUD Leiria 34 11 9 14 42
13 FC PenafielFC Penafiel 34 11 6 17 39
#SOMOSVIRIATHUS

Instituições Comunitárias presentes no Arraial de comemoração dos 110 anos do Académico de Viseu Futebol Clube

Realizado no final de tarde / início de noite deste domingo, no Jardim Sensorial de Santo António, junto à Escola Secundária Emídio Navarro, em Viseu, o Arraial Académico contou com a participação de três Instituições de ajuda e apoio à comunidade viseense: a Turma do Funil / Lenda Rebelde, a Associação de Paralisia Cerebral de Viseu (APCV) e a Associação Juvenil Ready to Help. Em estreita colaboração com o Académico de Viseu Futebol Clube, três instituições de solidariedade da região de Viseu estiveram presentes no evento, angariando fundos para futuras iniciativas e publicitando a sua missão, a sua visão e os seus valores. A Turma do Funil / Lenda Rebelde Associação foi uma das três instituições presentes. A Presidente da organização, Cláudia Ferreira, admitiu que a ligação com o clube é uma mais-valia: “Em termos do evento, só o facto de podermos estar a colaborar com o Académico é sempre um ponto vantajoso para nós. Ao nível social, trabalhamos com muitas faixas etárias e situações distintas, principalmente com os nossos jovens e com o desporto. Por isso, é sempre uma mais-valia para nós e para quem conta connosco. Já não duvidamos de que continuaremos, no futuro, de mãos dadas com o Académico”. Já Francisca Almeida, Presidente da Associação Juvenil Ready to Help, instituição que tem como missão ajudar tanto a cidade como os habitantes de Viseu, com a criação de projetos de apoio a lares, ao ambiente e a outras causas, revelou que a organização quer ainda chegar a mais pessoas: “É importante dar a conhecer a Viseu aquilo que a sua juventude tem para oferecer à sociedade, nomeadamente com o que temos feito, voluntariamente, pelos que têm menos capacidades e que estão mais desfavorecidos. Lutamos para divulgar a força do associativismo juvenil em Viseu, querendo chegar a mais pessoas, a mais instituições que sejam futuras parceiras e a outras que necessitem do nosso apoio. É também por isso que estamos aqui”. Igualmente, em declarações aos canais oficiais do Académico de Viseu, Luísa Oliveira, Técnica de Intervenção Precoce e representante do Grupo de Angariação de Fundos da APCV, assumiu a vontade de contar com o Académico de Viseu no futuro: “Agradecemos ao Académico por este convite. É significativa a nossa presença, visto termos em curso uma obra dispendiosa, que dará resposta a muitas das famílias que necessitam da nossa ajuda. Esta angariação de fundos que o Académico nos permitiu fazer, será capital para conseguirmos concluir a mesma. Conhecemos bem o lado social e comunitário do Académico, por isso mesmo queremos que a esta se juntem outras iniciativas em conjunto no futuro”.

2024-06-21

Paulinho é Viriato até 2025

A Académico de Viseu FC, Futebol SAD anuncia que o defesa Paulo Sérgio Mota, Paulinho no mundo do futebol, é nosso jogador para época 2024/25. Paulinho estava livre, após terminar o contrato que o ligava ao Leixões SC, e o vínculo que o une ao Académico de Viseu terá a duração de uma temporada.  “O que me atraiu foi o projeto e as pessoas que estão envolvidas com o Académico de Viseu. Mostraram que me queriam muito e aceitei este convite com todo o agrado e estou aqui com todo o gosto”, começou por sublinhar Paulinho aos meios do clube, caracterizando-se como jogador: “Sou um jogador de equipa, de grupo, alguém que dentro de campo dá tudo pelo clube que está a representar. Acho que essa a minha imagem de marca: sou muito profissional e a minha carreira fala por ela, com muitos jogos na I Liga, praticamente joguei sempre e isso é um motivo de orgulho. Agora é dar continuidade aqui no Académico.” O plantel do Académico é composto por muita juventude, Paulinho vem trazer um aporte de experiência, algo que também é fundamental nas equipas. “Acredito que se aprende muito com os jovens. A idade é apenas um número e estamos sempre a aprender. Mas, claro, que também venho com o intuito de ajudar os meus colegas e ajudar o clube a atingir os seus objetivos.” Por fim, uma palavra para os adeptos do Académico: “Peço aos adeptos que nos apoiem durante o ano, porque nós vamos fazer tudo dentro do campo para puxar a massa associativa para o nosso lado. Com o apoio de todos fica mais fácil atingir os nossos objetivos”.   Perfil | Mais de 300 jogos concretizados Paulo Sérgio Mota – Paulinho – nascido no Porto há 32 anos, é um lateral-direito que fez toda a formação nas escolinhas do FC Porto. Nos últimos seis meses esteve ao serviço do Leixões SC, onde realizou 14 jogos e concretizou uma assistência. Chega livre de contrato e assina com o Académico de Viseu a custo zero. Paulinho apresenta uma carreira com mais de 300 jogos (318 no total) realizados em diversos emblemas e diversos patamares. Tem quase 200 jogos (197) no principal escalão da Liga portuguesa, ao serviço de Moreirense, União da Madeira, SC Braga, GD Chaves, Gil Vicente e Marítimo; 68 jogos na Liga II, representando emblemas como Moreirense e Leixões, onde esteve em mais do que uma ocasião. Conta ainda com uma passagem pela liga da Grécia, onde representou o AEK durante ano e meio, entre 2019/20 a 2010/21. Na Grécia participou em 38 jogos no total, sendo três deles na fase de qualificação da Liga Europa. Paulinho completou o último ano da sua formação já ao serviço do Leixões, deixando para trás as escolinhas do FC Porto, onde representou todos os escalões. No Leixões foi promovido à primeira equipa, que disputava, então, a Liga 2. Seguiu-se o Moreirense e a primeira experiência na I Liga. Em Moreira de Cónegos permaneceu três temporadas antes de se mudar para o União da Madeira. Ingressou, depois, no GD Chaves, onde esteve três épocas, com um empréstimo de seis meses ao SC Braga, em 2016/17, pelo meio. Finda a ligação com os flavienses, mudou-se, então, para o AEK da Grécia. O regresso a Portugal deu-se pela porta do Gil Vicente, onde esteve seis meses antes de voltar ao Moreirense, seguindo-se o Marítimo e, por fim, de novo o Leixões. Bem-vindo a Viseu, Paulinho, muito sucesso ao serviço do Académico de Viseu.

2024-06-21

Marquinho é Viriato até 2028

A Académico de Viseu Futebol Clube, Futebol SAD anuncia que chegou a acordo com o jogador Marquinho, para avançar para a contratação em definitivo do médio ofensivo, que termina o contrato de empréstimo no próximo dia 30 de junho.  O novo vínculo é válido até junho de 2028. Marquinho é agora, oficialmente, jogador do Académico de Viseu. A SAD do emblema beirão e o médio brasileiro acordaram a assinatura de um novo contrato profissional, que estende a ligação entre as duas partes por mais quatro temporadas desportivas. O jovem canarinho chegou a Viseu no verão passado, por empréstimo do Barra FC válido para a temporada 2023-24. No seu primeiro ano na Europa, Marquinho realizou dois jogos pela equipa sub-23 dos Viriatos, onde apontou um golo, tendo participado em outros 31 jogos na equipa principal, onde fez seis golos.  Aos canais de informação da Académico de Viseu FC, Futebol SAD, Marquinho mostrou-se realizado e com vontade de dar ainda mais alegrias aos adeptos viseenses: “Esta é a realização do meu sonho de poder jogar na Europa. Sou muito grato ao Académico pela oportunidade que me deu na última época e, agora, confirmando a minha contratação em definitivo, só tenho de continuar a dar sempre o meu melhor para continuar a ajudar a equipa e a dar alegrias aos academistas”. O canarinho reconheceu também que a adaptação foi célere, afirmando que ficou satisfeito com a sua primeira época em Portugal: “Tive uma adaptação muito rápida e fui muito bem recebido por todos. Isso gerou muita confiança e consegui apresentar o meu trabalho e ter um bom desempenho nos treinos, que resultaram em oportunidades nos jogos. Estou feliz em ter conseguido boas atuações, ficou o sentimento de que poderíamos ter alçado coisas maiores, porém creio que consegui deixar uma boa imagem na minha primeira época com a camisola do Académico”. Marquinho revelou ainda que viu com bons olhos a evolução do clube, garantido que ainda haverá margem para mais: “Quando cheguei ao Académico, encontrei ótimas condições, um clube muito bem estruturado. Ainda assim, ao longo do ano fui notando uma grande evolução, tenho certeza que o clube tem muita margem para crescer ainda mais”.

2024-06-19

Francisco Machado renova contrato por quatro temporadas

O médio Francisco Machado e a Académico de Viseu Futebol Clube, Futebol SAD, celebraram  a renovação do contrato que unia as duas partes, prolongamento a ligação entre o jovem atleta e o emblema Beirão até junho de 2028. Chegado a Viseu no verão de 2023, vindo do SL Benfica, o médio de 18 anos foi uma das peças que brilhou nas equipas de Sub-23 e de Sub-19 do Académico de Viseu na última temporada. Realizando a sua estreia pelo clube frente ao SC Braga, na jornada inaugural da Liga Revelação, Francisco Machado somou um total de 10 jogos ao serviço da equipa de Nuno Braga, onde apontou um golo. No entanto, a competição na qual se destacou mais foi a 1ª Divisão Nacional de Juniores, onde completou 29 jogos, tendo sido considerado o melhor marcador da fase regular do campeonato, com 12 golos, e o terceiro melhor marcador de toda a época, com 16. Chamado por diversas vezes à equipa principal do Académico de Viseu, a sua estreia na Liga Portugal 2 aconteceu a 13 de abril deste ano, no Estádio do Restelo, frente ao CF “Os Belenenses”. Com o presente contrato a terminar no final do mês de junho de 2025, o jovem Viriato prolonga agora o seu novo vínculo ao símbolo academista por mais três temporadas, válido até junho de 2028. Em declarações exclusivas aos canais oficiais de informação do Académico de Viseu, Francisco Machado assumiu a felicidade em renovar com o clube viseense, afirmando que a forma como é tratado teve peso na sua decisão: “É um sentimento de muito orgulho e de que o meu trabalho está a ser bem feito e valorizado pelo clube. Quero corresponder a esta aposta e mostrar que estou pronto. Desde cedo senti que todos me receberam muito bem, algo que também foi fruto do meu trabalho e daquilo que apresentei dentro de campo. Isso também teve peso no momento de ficar no Académico, sinto que aqui sou apoiado e que gostam de mim. Espero continuar a dar alegrias a toda a estrutura e, claro, aos adeptos”. O jovem academista fez ainda uma projeção da próxima época, que espera ser de uma crescente afirmação do seu futebol: ”Nota-se que na cidade todos os adeptos gostam muito de sentir a presença da formação perto da equipa principal. E agora espero conseguir, mais assiduamente, estar perto da mesma e de sentir esse calor dos adeptos. Para isso, claro que em primeiro tenho de fazer o meu trabalho e mostrar que estou à altura do desafio”.

2024-06-18

“Voz do Interior” é o novo Hino do Académico de Viseu Futebol Clube

A Gala dos 110 anos do clube Beirão, que ocorreu esta tarde no Teatro Viriato, em Viseu, foi encerrada com a apresentação oficial do novo Hino intitulado “Voz do Interior”, música da autoria da jovem fadista viseense, Mara Pedro.  Está oficialmente revelado o novo Hino do Académico de Viseu Futebol Clube. Com participação especial da fadista da terra, Mara Pedro, a música que faz agora parte da história do emblema beirão, exalta o espírito do mesmo e o orgulho dos seus adeptos. A letra celebra a história e a ousadia do Académico de Viseu, destacando o fervor crescente e a determinação em alcançar novos patamares. Menciona também a importância do Estádio Fontelo e a relevância do passado vitorioso do clube, com recurso a um refrão que convoca o Académico a manter viva a voz dos viseenses, celebrando as conquistas e o orgulho de vestir as cores do clube. As bancadas sempre atentas, refletem a paixão dos academistas e a estratégia em campo, com a meta de se tornarem campeões. A letra termina reafirmando a lealdade e a luta incessante até o final, típica do espírito beirão indomável que representa a terra e o legado de Viriato. Em declarações no final da Gala dos 110 anos do Académico de Viseu, Mara Pedro, assumiu a grande tarefa que teve pela frente, afirmando sentir-se honrada: “Foi mesmo um grande desafio. Compactar 110 anos numa só música foi algo que nunca me tinham sugerido. Estive sempre em comunicação com o Académico, para estarmos em sintonia com aquilo que queríamos transmitir às pessoas e transportar-lhes a história do clube. Sinto-me muito feliz e honrada”. A fadista e compositora viseense considerou ainda que o novo Hino do clube faz parte do verdadeiro Ponto de Viragem academista: “Palavras-chave como “Viriato”, “Muralhas”, “Interior”, entre outras que são o que nós representamos ajudaram-nos a transparecer o espírito guerreiro. Desde o início que foi incrível fazer parte deste processo. Este é um momento de agregação entre todos os academistas e, tal como dizemos na letra, este é um ponto de viragem do clube que todos desejamos que o leve em frente”.

2024-06-17

Patrocinadores Principais