Formação SAD 2023-08-15

E vão duas: Sub-23 derrotam Leixões e lideram Série A da Liga Revelação

O Académico de Viseu recebeu e venceu o Leixões SC, na segunda jornada da Liga Revelação. Em estreia no Municipal Dr. Orlando Mendes, em Santa Comba Dão, a turma sub-23 dos viriatos garantiu um importante triunfo, que deu sequência à vitória conquistada na primeira ronda da competição, em casa do SC Braga.

Os academistas responderam ao convite e constituíram uma boa moldura humana de mais de 200 adeptos, que estiveram presentes em Santa Comba Dão. A partida começou com um confronto equilibrado, onde os leixonenses apresentaram desafios consideráveis no início do jogo, colocando obstáculos à equipa de Nuno Braga. Contudo, após o primeiro terço do encontro, o Académico de Viseu superiorizou-se, criando oportunidades para se adiantar no marcador ainda na primeira parte. Apesar da intensa luta em campo, o primeiro tempo terminou com um empate a zeros. Já na segunda parte, as substituições feitas por ambas as equipas mantiveram o equilíbrio na partida, com algum ascendente dos academistas. Foi somente aos 85 minutos que a atmosfera no Municipal Dr. Orlando Mendes atingiu o seu auge de emoção. Kelve Semedo, recém-entrado em campo, subiu ao terceiro andar para cabecear a bola para dentro da baliza do guardião Pedro Vieira, após cruzamento de Miguel Sena, assegurando a vitória para os beirões. A multidão academista comemorou o primeiro golo do ponta de lança na presente época, que garantiu também mais três preciosos pontos para a equipa sub-23 do Académico de Viseu. Pouco tempo depois, terminaria o encontro com a segunda vitória consecutiva dos viriatos, que com seis pontos acumulados, partilham neste momento a liderança da Série A da Liga Revelação, com o FC Famalicão.

Nas reações ao jogo, o técnico academista Nuno Braga, admitiu as dificuldades na partida frente ao Leixões: “Foi um jogo mesmo muito dividido, com muitos duelos e num relvado que também não ajudou. Em alguns períodos nós conseguimos estar muito bem, o problema é que nunca conseguimos transformar isso em regularidade ao longo do jogo, ao contrário do que aconteceu em Braga, em que fomos regulares durante um largo período. Aqui não conseguimos transformar essa regularidade também porque o campo não deixava. Na segunda parte acabámos por optar por uma estratégia diferente, começámos a colocar jogadores que têm uma capacidade muito grande de ganhar a segunda bola, de atacar a profundidade, de ganhar as bolas divididas. Acabámos por fazer um golo e criar algumas oportunidades dessa maneira, mas também podíamos ter sofrido e é bom termos a capacidade de perceber que existe um adversário que jogou muito bem e que soube entender o relvado, em alguns momentos, bem melhor do que nós”.

O técnico do conjunto beirão deixou ainda uma palavra de apreço aos adeptos que se deslocaram a Santa Comba Dão: “Em primeiro lugar, dar um agradecimento mesmo muito grande aos adeptos, não é normal no escalão de sub-23 termos tanta gente no estádio. Aqui foi muito bom e os jogadores sentiram isso, perceberam que tinham gente à volta que queria que eles ganhassem e que queria que eles estivessem lá dentro com toda a motivação do mundo. Isso também se transmitiu para os jogadores, por isso um grande obrigado aos viseenses e um grande obrigado pelo apoio que nos durante os 90 minutos”.

A equipa de sub-23 do Académico de Viseu volta a jogar na próxima semana, em casa do Gil Vicente.

Partilhar:
Formação SAD

Juniores A iniciam campeonato com Dérbi Beirão: jornada inaugural será no 1º de Maio

Sorteio da 1ª Fase do Campeonato Nacional Sub-19 I Divisão foi realizado esta quarta-feira. Jovens Viriatos repetem a vaga na Zona Sul. A Federação Portuguesa de Futebol realizou esta quarta-feira, na Cidade do Futebol, o sorteio da 1.ª fase do Campeonato Nacional Sub-19 I Divisão. Na fase regular hoje sorteada, 20 clubes foram distribuídos em duas séries (Norte e Sul) de 10 clubes cada, com base na sua localização geográfica. Tal como na temporada passada, o Académico de Viseu FC repetiu a presença na Zona Sul da competição, com os seguintes adversários: SC Farense; CD Mafra; SL Benfica; SC Lusitânia; SCU Torreense; Casa Pia AC; CF “Os Belenenses”; CD Tondela; Sporting CP. Durante esta fase, os clubes competirão entre si num sistema de pontos, confrontando cada adversário por duas vezes – uma em casa e outra fora. Os quatro melhores classificados de cada série avançarão para a 2.ª Fase - Apuramento de Campeão, perfazendo um total de oito clubes. Os restantes 12 clubes disputarão a 2.ª Fase – Manutenção e Descida, acumulando metade dos pontos obtidos na 1.ª Fase. Quanto ao calendário, o sorteio ditou uma entrada especial na competição para os academistas. Na primeira jornada, marcada para o fim de semana de 10 e 11 de agosto, o Académico de Viseu FC recebe o CD Tondela, na reedição do Dérbi Beirão. Este é o calendário completo:

2024-07-11

Patrocinadores Principais